Ilha do Mel

A Ilha do Mel é um paraíso localizado no Paraná.

Horário

Livre

Como chegar

De carro: Pela serra do mar BR 277 até a cidade de Paranaguá ou Pontal do Sul. Nos dois locais terá estacionamento para deixar o carro.
Pontal do Sul: Saídas a cada 30 minutos, a viagem custa em média R$ 35,00 por pessoa.
Paranaguá: As saídas variam com a época e o percurso, o valores variam, em média R$ 50,00, antes de decidir acesse o site www.abaline.com.br, empresa marítima responsável, nesse canal poderá averiguar os valores e horários.

De Ônibus: A partir da rodoviária de Curitiba, viação Graciosa www.viacaograciosa.com.br, a viagem dura cerca de 2h30m, até Pontal do Paraná/Ilha do Mel, média de valor R$ 45,00, a passagem pode ser comprada na hora do embarque. Chegando em Pontal do Paraná é só ir até o trapiche e comprar a passagem de barco que levará até Ilha.

Ingressos

O valor que você vai pagar é somente para a barca para atravessar de Pontal do Paraná ou Paranaguá, ao chegar na Ilha a entrada é gratuita.

A Ilha do Mel é um lugar maravilhoso marcado por belíssimas praias, para o acesso é  necessário pegar uma barca com saídas diárias de Pontal do Paraná ou Paranaguá.
A  Ilha permite até 5000 mil pessoas por dia, e não é permitido veículos automotores e tração animal.

 

Historia

Ao chegar na Ilha a locomoção do turista será por trilhas de terra e areia, onde terá o privilegio de 25 quilômetros de belas praias.
Dividido em 5 partes que pode considerar para a visitação são elas:
Encantas: A praia esta no lado sul da Ilha, com excelente infraestrutura de restaurantes, lanchonetes e hospedagem. Nessa parte esta um dos patrimônios naturais da Ilha, “ A gruta de encantadas” bem na frente ao mar aberto, para se chegar até ela, o turista percorre por uma passarela.

Nova Brasília: Localizada pelo outra parte da Ilha é uma das principais vila da Ilha com boa infraestrutura de recepção turística e sendo porta de entrada para visitar o Farol das Conchas, Praia Grande e Fortaleza.

Farol: No farol pode se observar grande parte da Ilha, a vista é um espetáculo aos olhos  é de tirar o folego.
O farol esta em uma região pouco habitada a sua construção é do ano de 1870, e seu objetivo é orientar a navegação da Baia de Paranaguá.

Praia Grande: Nessa praia é ótima para a pratica de surf, porem é uma praia de menor extensão e menos desenvolvida, com um número menor de pousadas, bares e restaurantes, mas não deixa de ter a sua beleza e rodeadas de belas paisagens.

Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres: A fortaleza é uma visita incrível e cheia de história foi inaugurada em 1764  pela artilharia instalada no morro da Baleia no século XX, nela esta presente a arquitetura da época, canhões, pavilhões e cadeia, ao visitar essa parte terá um guia que contará a história do local. ela possui duas pequenas ilhas a Fortaleza do Norte e Fortaleza do sul para ter acesso é feito a pé pela praia ou por trilha com 4km de extensão. Próximo a fortaleza esta a Baia dos Golfinhos, o turista poderá notar os botos em água.

Sobre a origem do nome Ilha do Mel foi encontrado varias versões, resolvi não postar aqui, porque ao visitar a Ilha, pelo menos uma história você levará na sua bagagem.

O que ver

Gruta das encantadas
Praia das encantadas
Farol das conchas
Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres
Praia de Fora
Praia do Farol
Parque estadual Ilha do Mel
Morro do Sabão
Praia da Fortaleza
Praia de Brasília
Estação ecologica Iha do Mel
Farol das Encantadas
Passeio dos golfinhos
Praia da Boia
Praia do Limoeiro
Praia da Gruta

O que fazer

Trilhas
Pratica de Surf
Pratica de sport
Visitar os pontos turísticos do local
Experimentar a caipirinha de flor de hibisco, é uma delicia.
Simplesmente descansar
Mergulhar
Escalar
Velejar

Horário

Livre

Como chegar

De carro: Pela serra do mar BR 277 até a cidade de Paranaguá ou Pontal do Sul. Nos dois locais terá estacionamento para deixar o carro.
Pontal do Sul: Saídas a cada 30 minutos, a viagem custa em média R$ 35,00 por pessoa.
Paranaguá: As saídas variam com a época e o percurso, o valores variam, em média R$ 50,00, antes de decidir acesse o site www.abaline.com.br, empresa marítima responsável, nesse canal poderá averiguar os valores e horários.

De Ônibus: A partir da rodoviária de Curitiba, viação Graciosa www.viacaograciosa.com.br, a viagem dura cerca de 2h30m, até Pontal do Paraná/Ilha do Mel, média de valor R$ 45,00, a passagem pode ser comprada na hora do embarque. Chegando em Pontal do Paraná é só ir até o trapiche e comprar a passagem de barco que levará até Ilha.

Ingressos

O valor que você vai pagar é somente para a barca para atravessar de Pontal do Paraná ou Paranaguá, ao chegar na Ilha a entrada é gratuita.

Dicas

Não é permitido animais domésticos na Ilha.
Leve seus remédios e primeiro socorros, não há farmácia na Ilha, somente posto médico para pequenas emergências.
Desembarque o mais próximo da sua pousada.
Lembre se que dentro da Ilha é só permitido circular a pé, de bicicleta (pode ser alugada), ou de barco (pode ser alugada para ter acesso de uma vila a outra).
No trapiche (píer), de Nova Brasília e encantadas, existe carregadores de malas com carrinhos de mão que poderá levar a sua bagagem até o hotel, o valor depende do trajeto percorrido.
Curtir o Forró ao anoitecer
Relaxar e ouvir o barulhinho do Mar.
Fazer caminhadas
Leve uma pequena Lanterna para andar a noite pela Ilha, vai lhe ajudar bastante., nas trilhas não há iluminação elétrica.
Não esqueça de levar a maquina fotográfica, a Ilha do Mel é um local que rende muitas fotos, além de fotografar a natureza,e as belas praias poderá fotografar diversas espécies de aves e botos.
Em alguns restaurantes é possível encontrar papagaios que visitam o local e vira  a atração para o turista.
Compras nas lojinhas da ilha.
Na ilha tem muitas coisas para se curtir e fazer, ou, não fazer nada a escolha é sua.
Tire uma folga do celular, ou use apenas para fotografar.

Onde Comer

Na Ilha do Mel,  as opção de restaurante não irá faltar, desde os restaurantes mais aconchegantes e românticos com cardápio gourmet com excelentes chefes de cozinha, ou, restaurantes mais rústicos e bons pratos, restaurantes com clima mais familiar e descontraído até as comidinhas do dia a dia com ótimos preços.
O Turista pode escolher desde o restaurante da Pousada até os restaurantes locais, bares e lanchonetes.
O Legal é experimentar os pratos regionais com frutos do mar e ótimos peixes.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos ainda)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Parceiros